Friday, August 25, 2006

AGORA É PRA VALER!!!!!!!!

Começamos a ensaiar, os três aí de cima mais o MATHEUS KLEBER nos teclados e acordeon. Quando se tem músicas novas, os primeiros ensaios são meio de reconhecimeto do terreno, mas no segundo , que foi ontem, o terreno já estava reconhecido , e praticamente dominado!!!
Então aguardo todo mundo lá na Livraria cultura, 01 de setembro, 19:30 horas.
--------------------------------------------
Ganhei um release. Como sou um tanto "ananá" pra escrever, e isso não é coisa que se aprenda da noite pro dia, além do que, tem que ter talento pra arte ( coisa que não tenho), sempre pedi pra outras pessoas fazerem meus releases. Arthur de Faria, Juarez Fonseca e Totonho Villeroy foram alguns dos que fizeram esse trabalho pra mim. Pois bem, pra esse show encomendei pra Poliana, outra pessoa da série sobrinhos adotados. Ela tem esse tal talento sobrando, demonstrou e já entrou pro seleto grupo dos citados ali em cima . Vai aí embaixo o texto. O muito obrigado pra Poliana, e já foi pra pra rua o release. Sorte desses jornais e tv's que não terão que ler meus manuscritos e sim um texto de quem manja do expediente!!

XQUINAS


Em tempos de top five, há quem despreze rótulos. Mas só quem os domina com excelência pode ultrapassá-los, quebrar paradigmas, (con)fundir classificações. Em outros termos, fazer música inédita e de altíssima qualidade. Essa é a proposta do trio Xquinas, que volta aos palcos no dia 1º de setembro, às 19h30min, na Livraria Cultura. A combinação de ritmos gaúchos e elementos eletrônicos é o tom principal do show, que promete ainda mais experiências. Sem rótulos.

Marcelo Corsetti, o responsável pelas guitarras e por grande parte das composições, Rodrigo Rheinheimer, o homem do contrabaixo, e Luke Faro, o baterista, têm uma parceria experimental desde 2002, com a gravação do álbum Xquinas. O trabalho garantiu ao trio a participação no Festival de Jazz de Cascavel em 2002, ao lado de nomes como Hermeto Paschoal e Yamandú Costa, e rendeu a Marcelo Corsetti o Troféu Açorianos de Melhor Instrumentista em 2003. A carreira do Xquinas é marcada, também, pelo acompanhamento de artistas como Bebeto Alves e Adriana Deffenti.

Em 2004, o Xquinas gravou o segundo álbum, ao vivo, na Livraria Cultura. Natural, portanto, que o retorno da banda seja em um palco tão significativo. No repertório estão composições inéditas, como Meus 2, 07/06, Tá aí éLeéFe e A Uruguaia e o Argentino, além de Betôbatá e IX/III, temas dos trabalhos anteriores. As novas músicas estão confirmadas para o próximo álbum do trio, cujas gravações começam ainda neste ano. O espetáculo conta com as participações de Matheus Kleber, no acordeon e nos teclados, e de Rafael Lima, nos saxofones e na flauta. Além disso, na linha das experiências, o grupo se aquece para uma apresentação no Rio de Janeiro, em outubro. Pop, jazz, milonga, eletronices? Nada disso e muito mais no regresso do Xquinas. ( POLIANA PASA)

Thursday, August 17, 2006

o XQUINAS volta e, ....... deffenti em caxias

agora sim, todo mundo no mesmo paredão

O ano era 2000. Tinha sofrido um baque,, perder o baterista pro Fábio Jr. Não é coisa do que se recupere fácil, ainda mais se o baterista se chama KIKO FREITAS. Mas a vida continua e naquele momento o marcelo corsetti quarteto não podia parar, mas sofreria mudanças. Estreamos no dia 30 de setembro, era aniversário do novo baterista, Luke Faro, e no lugar de antigos tecladistas estava um saxofonista, Zé Blanco, o baixista continuava o Mujeiko, e o guitarrista era o dono da banda heheh. Em seguida o Mujeiko não pode fazer shows e convidamos um novo sujeito, Rodrigo Rheinheimer, grande músico. Nesse ano e no seguinte, tocamos em todos os lugares que nos permitiram e formamos uma grande trabalho. Gravamos o disco XQUINAS no início de 2002. Foi uma obra, grandes amigos fazendo um grande disco. No meio das gravações o Zé teve seu filho e quem acabou gravando o disco foi o Daniel Zanotelli. Esse disco me proporcionou o Troféu Açorianos de melhor instrumentista do ano, o que é uma bobagem pois música é integração e não campeonato, né?? Mas o principal feito foi ter tocado o Festival de Jazz de Cascavel, sendo escolhido entre muitos trabalhos de toda região sul. Considero, apoiado por muitas opiniões , esse disco um dos melhores trabalhos feitos nos últimos anos no RS. Fomos ousados e arriscamos, coisa que pouca gente faz.
A partir disso , terminou o MARCELO CORSETTI QUARTETO e nasceu a banda, XQUINAS.
Nunca pensei muito em ter uma banda, sou meio egoísta nas decisões quando se trata de música, mas ali tava uma grande chance, três caras diferentes, muito diferentes, falando a mesma língua. Luke , Rodrigo e eu, somos quase uma quadrilha, cada uma fazendo sua parte pensando no resultado final comum. Hoje, tocar junto é apenas uma detalhe e pouco mudaria se a gente não o fizesse, somos grandes parceiros.
Em 2004 gravamos um disco ao vivo agora com o Rafael Lima como saxofonista. Só músicos com grande afinidade podem gravar discos ao vivo e o resultado mostrou que temos isso de sobra, antes de sermos músicos somos gente.
Tudo isso é pra dizer que depois de uma parada estratégica ,, o XQUINAS ta voltando, em primeiro de setembro, estreamos o novo show,na livararia Cultura de Porto Alegre. Músicas novas, um músico novo, o Matheus no acordeon e teclados e muita disposição.
È muita alegria pra mim, retomar esse grande trabalho. Confesso que dava uma pontinha de frustração de termos parado, mesmo com a certeza de que só faltava um novo desafio, novas músicas e a possibilidade de tentar jogar todo nosso “futebol” (viva o inter”!!!!!) pra gente voltar com tudo.
Então é isso, fica o convite pra quem quiser , 01 de setembro, 19 e 30 horas na Livraria Cultura do Bourbon Country- POA.

-----------------------------------------------------------------

Tocamos sexta feira em Caxias com a Adriana. Mais uma vez grande show. Fazia muito frio e tava bem cheio o teatro, o que mostra que as pessoas já estão ligadas nessa grande artista. Fica o agradecimento a todos que foram e a produção local que nos recebeu muito bem e a conclusão de que o principal motivo pra esse trabalho dar muito certo, foi confirmado ontem, todos os integrantes da "troupe" ( Adriana Deffenti, Angelo Primon, Rodrigo Delacroix, Fernando Ochoa, Luciana Bitello, Carlitos , Rafael Pacheco e eu,,, somos colorados hehehe). Grande abraço em todos e vão umas fotinhos aí..

era frio mas nada que tivesse que dispensar a bermuda!!! meus companheiros, buzz/flink/woody e o zoiudinho da mamãe, sempre a postos

ihhh sujou,,, escondam suas carteiras

pensamento do violonista: ré menor, dó maior, si menor, mi 7

o descanso dos guerreiros depois do show. Ô angelo, o que tu vai vestir quando tiver frio tchê!!!

noites sem dormir dão olheiras hehehe!!!

Wednesday, August 16, 2006

PAIXÕES E ALEGRIAS

Hoje é um dia feliz, muito feliz!!!
Ali embaixo, escrevi sobre minhas paixões, minha família e a música, colocadas eternamente no couro, em minha nova tatuagem. Esqueci o Inter. Todo mundo tem que torcer por um time, os gremistas tem sua paixão também, acho equivocada, mas respeito!!
Devemos um agradecimento, CLEMER, CEARÁ, FABIANO ELLER, BOLIVAR, INDIO, JORGE WAGNER, EDINHO, TINGA, SOBIS, FERNANDÃO, RENTERIA, FABINHO entre outros, muito obrigado
Ter uma paixão é essencial, muitas viram amor,, a Zoca por exemplo, que já passou do amor, virou necessidade hehe,, vício!! E o colorado hoje, justificou todos esses anos de paixão, foi muito bom comemorar com o Pedro, meu filho querido. Se eu tinha um temor com o Pedro era de que ele escolhesse a paixão errada, a azul, mas meus princípios de boa educação foram superiores a qualquer força externa heheh.
---------------------------------------------------------
É o primeiro post pós dia dos pais. Tenho que agradecer aqui o Claro Ayrton , meu pai. Se hoje sou um velho chato querido por muita gente, é porque o pai me ensinou e me orientou sobre tudo que era certo e errado. Talvez esse seja o principal ensinamento dele, certo é certo e errado é errado. Como digo sempre , não quero que ninguém pense assim, dá muito trabalho, deu pra ele e as vezes dá pra mim!!! Mas esse trabalho eu gosto de ter , e tenho porque o pai me ensinou. Obrigado Pai!!! E principalmente obrigado por ter me ensinado a gostar do Inter!!!
------------------------------------------------------------
Essa semana foi feliz também por motivos extras. Como disse lá embaixo em algum post perdido, tenho mania de adotar alguns escolhidos.
- A Mariane (única uruguaia que gosta de argentinos), e o Alvaro (único argentino que gosta de uruguaias), sobrinhos adotados de primeira, trocaram um par de alianças. Os parabéns do velho chato e muitas felicidades, muitas mesmo!!! Juventude valorosa essa!!
- Na edição atual da revista GUITAR PLAYER, meu sobrinho adotado Guilherme Zannini estréia, jornalisticamente falando, com uma grande entrevista com o guitarrista FERNANDO NORONHA. O Guilherme que deve tá com a cabeça inchada, até porque escolheu equivocadamente sua paixão, também tá fazendo alguns free pra BIZZ, a mais importante publicação de música do Brasil. Pra quem acompanha essas pessoas e vibra com elas, são grandes alegrias que esses moleques trabalhadores tem me proporcionando.
- Semana que vem, a Aline, lá de Santa Cruz se forma em jornalismo. Grande abraço na Aline, em sua família e todos seus amigos que participaram de sua conquista. Só um cara que levou uns quinze anos pra se formar sabe como é difícil. Curtam muito a conquista!!
-------------------------------------------------------------
Por último, nesse dia de conquista colorada, tenho um motivo maior de felicidade. Acho que ajudei grandes amigos, pessoas especiais mesmo, num momento chato hehehe. Nem me importaria com uma derrota do colorado se conseguisse o que acho que consegui. Duas vitórias foi um presente bom demais!!!
-----------------------------------------------------------------
Zoca e Pedro, já disse hoje que amo muito vocês!!!
Sou obrigado a agradecer a Zoca e ao Pedro por seu amor e sua Paciência com nervosismo, gritos, surtos e tapas na parede durante o jogo. Acompanhar apaixonados é brabo pra quem olha de fora. O bom é que os dois tão acostumados pois a paixao por eles dá de relho na que tenho pelo colorado. Como diz o Arnaldo Antunes,
AMOR PERFEITO AQUI EM CASA É MATO!!!!

uma paixão, o colorado, e dois vícios, o Pedro e a Zoca!!!!

tenho três tatuagens, a foto do Pedro, o nome da Zoca e minha casa onde "AMOR PERFEITO É MATO". tentei postar as outras duas mas o blog nao deixou, fica pra outra!

Monday, August 07, 2006

O ERRO NO SHOW, SE CUIDA IAN THORPE E A SEMANA

Grande fim de semana. Encontrei os amigos Luz Brasil e Jussara Silveira, que não via desde que fui visitá-los na Bahia. Baita churrascada e muita conversa jogada fora, boas lembranças.
Mas no meio das conversas, surgiu o assunto "erros em shows". Errar é humano persistir é burrice, e não se preparar para um show é não ser profissional , né? Aí fiquei pensando, numa série de opiniões que ja ouvi sobre isso. Vão alguma aí:
- Um show sem erros, é a verdade! Acontece, de tempos em tempos, o show perfeito. As vezes passa mais tempo sem que ocorra mas quando ocorre, aconteceu a verdade, e daí tenho certeza que tudo valeu a pena!!!! (PAT METHENY)
- Quando dou uma trave, repito, com convicção pras pessoas pensarem que era aquilo mesmo que eu queria fazer ehehehe!! ( RENATO MUJEIKO)
- Raramente erro, de vez em quando me engano !!! (KIKO FREITAS)
- Quero diminuir os erros, mas quando errar,, quero errar bem,, que fique bonito !!!! ( JUSSARA SILVEIRA)
Eu penso que o bom é se preparar bem, mas se as pessoas quiserem que sempre saia tudo perfeito, deve ter um robô de um metro e noventa parecido comigo lá o Japão, programa e vai sair tudo direitinho né?
Mas a mais sábia afirmação que ouvi foi de Jussara, quando levava ela, Luiz e Fabrícia ( produtora de Jussara) para o hotel:
"Quando algo sai errado, não foi o músico que errou , a pessoa, foi o show que errou!!!!" (JUSSARA SILVEIRA) -
Mandou bem demais a Jussara.
-------------------------------------------------------
Como todo mundo que frequenta esse espaço sabe, sou um entusiasta do esporte natação. Fui torcedor de Ricardo Prado na Olimpída de Los Angeles/94 e me lembro até hoje da prova de 400 medley. Pradinho saiu forte pois precisava tirar distâcia no costas, seu melhor estilo. O Rival, o canadense Alex Baumann, sempre perto. A passagem de golfinho foi fortíssima, os dois parelhos. No costas o brasileiro fugiu um pouco, mas não o suficiente pra compensar os cem metros de peito, seu pior estilo e o melhor de Baumann. O canadense passou e não teve volta nos cem livre. Mas foi uma prova histórica, com dois monstros nadando muito. Essa semana decidi que vou voltar a nadar os campeonatos de master. O objetivo maior é o estudual de verão em novembro, mas daqui uns dias vou fazer uma prova ( 50m peito) em uma etapa do circuito master. Poucas pessoas sabem o que é ouvir o tiro estando em cima do bloco, e botar toda energia que tu tem em um minutinho, tu e tu, sem ninguém pra ajudar. Passei toda minha adolescência prá la e prá cá em piscinas e acho que isso me ajudou a ter uma paciência diferente. Conversei por anos comigo mesmo, dentro d'água hehehe!!!
Mas isso é pra dizer que se cuidem, Thorpes, Phelps, Xuxa e outros,,, to chegando hein!!!
Objetivo pra essa etapa do circuito: passar no 25 m com 17 s, nos 40m com 32 ou 33 s, morrer aqui hehee e terminar a prova abaixo de 40. No verão a idéia é dar menos de 36 s.
-------------------------------------------------
Por fim, fizemos show da Adriana no domingo em São Leopoldo. Fazia tempo que não fazia um show em condições técnicas tão precárias, mas no fim tudo dá certo, especialmente graças a presença do Rodrigo Delacroix, técnico de som e do Carlitos , o roadie, essenciais nesse domingo. Mais uma vez Adriana e Angelo foram superiores a tudo que estava em volta. Aplaudida de pé, e ovacionada por uma platéia extremamente calorosa. Valeu aos organizadores do show.
-----------------------------------------------------
Tô escrevendo e ouvindo o disco NOBREZA de Jussara Silveira e Luiz Brasil. Comprem que vale a pena. Se não tiver em sua loja preferida, tentem a Tratore (www.tratore.com.br acho qeu é isso) que lá tem. E busquem tambem o disco da Adriana que tá saindo feito pastel em carreira!!!
grande abraço

almoço de domingo, Luiz,Zoca, Pedro, Jussara, Heloisa e Keli ( não me perguntem pq Pedro e Keli sairam do foco , não sei)

olha a Malú aí gente, minha afilhada com o Pedro , A Heloísa e Zoca

Sr . Kiko Freitas, pra mim o melhor baterista do mundo, em seu novo instrumente, um tarro de leite. Gravando para o disco de Telmo de Lima Freitas, seu pai!!

parceiros do show da Adriana, Angelo Primon e Rodrigo Delacroix, que foi decisivo no resultado desse domingo. Adoro toucas, Zoca odeia toucas, deixem suas opiniões, heheh

tá chegando o dia dos Pais, não sei se gosto das festas da escola, mas ano passado matamos a pau, o Pedro e eu, na construção de castelos de areia!!